Camané – Sei de um rio

30 de Janeiro 2008 Sei de um rio… Sei de um rio Em que as únicas estrelas Nele, sempre debruçadas São as luzes da cidade Sei de um rio… Sei de um rio… Continue reading