Boeing 707 – 323C desaparece no oceano pacifico

30 Janeiro 1979

Um avião a jato sobrevoa o Oceano Pacífico numa viagem de rotina realizada à noite. Sem qualquer sinal de aviso, ele para de comunicar com a torre e desaparece sem deixar rasto. Nos dias seguintes as operações de busca não conseguem encontrar qualquer destroço.

Neste caso, o desaparecimento envolveu um cargueiro modelo Boeing 707, visto pela última vez a 30 de janeiro de 1979, logo após descolar de Tóquio, no Japão, com destino ao Rio de Janeiro. Até hoje o caso é considerado um dos maiores mistérios da aviação brasileira.

Seis pessoas viajavam no avião, que transportava uma carga de 20 toneladas, entre ela estavam dezenas de quadros do pintor nipo-brasileiro Manabu Mabe (1924-1997), que acabara de exibi-los numa exposição no Japão. O comandante do voo era Gilberto Araújo da Silva, de 54 anos, um veterano da companhia, com 23.000 horas de voo.