É criada a organização policial , Interpol

7 Setembro 1923

Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal) é uma organização policial internacional que visa o combate a diversos tipos de crimes por meio da associação de agências de aplicação da lei de muitos países. Embora o trabalho da Interpol não tenha tanto glamour como é mostrado nos filmes, é de suma importância para o combate ao crime, especialmente o crime organizado e o terrorismo. 


A organização não é uma agência policial comum, uma vez que não cumpre mandatos de prisão, nem possui presídios. O que a Interpol faz é servir como um elo entre os aplicadores da lei de um país com os de outro, ou seja, é uma espécie de “ponte” entre os países em prol do combate ao crime. Caso um suspeito da polícia portuguesa esteja na Itália, por exemplo, é a Interpol que é accionada, e não as autoridades policiais italianas directamente. 


A Interpol surgiu por meio da criação da Comissão de Polícia Criminal Internacional, com sede em Viena, Áustria, em 1923. Para cumprir os seus objectivos, a organização internacional conta com uma enorme base de dados de pessoas procuradas em todo o mundo, impressões digitais, informações de passaportes e até amostras de DNA. Além de sua sede, situada em Lyon, França, a Interpol conta com escritórios regionais na Argentina, El Salvador, Tailândia, Côte d’Ivoire, Quénia, Zimbábue e Nova York, que funciona como uma ligação especial com a ONU. Para manter toda essa estrutura, cada país associado contribui com uma quantia monetária, que varia conforme a grandeza de sua economia.