Invenção do Ferro Eléctrico

17 Agosto 1882

Qualquer dona de casa sabe que um ferro de passar é um dos instrumentos essenciais. Ele serve para alisar tecidos usando a temperatura.

O processo de evolução desse começou há centenas de anos, dizem que os chineses foram os primeiros a utilizar um instrumento semelhante. Eles usavam como se fosse uma panela com cabos de madeira cheia de brasas.

Os ferros, nos seus modelos iniciais, geravam o calor necessário para o alisamento por meio da queima de óleo carvão ou gasolina. Mas, a partir de 1882, quando o americano Henry W. Seely inventou o ferro eléctrico.

A maravilha pesava uns quinze quilos e esquentava depois de muito, muito tempo. Um modelo parecido foi inventado na França no mesmo ano, mas esquentava a partir de um arco de carbono, o que era perigoso demais.

Porém, pelo fato de nem todos terem energia eléctrica em suas residências e aqueles que tinham podiam usar somente à noite, esse lançamento não obteve um sucesso imediato, foi até esquecido pelas donas de casa.

Quando a oferta de electricidade às residências tornou-se indispensável, o ferro eléctrico passou a ser usado com mais frequência. Com isso os ferros foram evoluindo, a produção foi actualizando-se e hoje temos os mais diferentes tipos de ferro eléctricos.