Criação da NASA

29 Julho 1958

O presidente Dwight Eisenhower  assina, a 29 de Julho de 1958, a lei que institui a National Aeronautics and Space Administration [Administração Nacional da Aeronáutica e do Espaço, NASA], conhecida popularmente como Agência Espacial Norte-Americana, visando ganhar a corrida espacial empreendida contra a União Soviética [Atual Russia]. A NASA coordenaria os trabalhos de pesquisa, de exploração aeronáutica e espacial. 


Desde então, responsabilizou-se pelas expedições espaciais, tanto humanas como mecânicas, que proporcionaram informações vitais acerca do Sistema Solar e do universo. A NASA foi uma resposta ao lançamento do primeiro satélite soviético, Sputnik I em 04 de Outubro de 1957. O artefacto de cerca de 90 kg, do tamanho aproximado de uma bola de basquete, orbitou em torno da Terra durante 98 minutos. O lançamento do Sputnik surpreendeu os norte-americanos e despertou o temor de que os soviéticos seriam capazes de lançar mísseis com armas nucleares da Europa aos EUA. 
A 3 de Novembro de 1957, os soviéticos lançaram o Sputnik II, levando uma cadela chamada Laika. Em Dezembro, os Estados Unidos tentaram lançar o seu próprio satélite, denominado Vanguard, que explodiu logo após a descolagem. 


Washington orgulhava-se de estar bem à frente na tecnologia científica e de armamento, porém, constrangido, tratou imediatamente de preparar uma resposta, marcando desse modo o início do que convencionou chamar se de corrida espacial. A 31 de janeiro de 1958, as coisas saíram melhor com o Explorer I, o primeiro satélite norte-americano a girar em órbita terrestre. Foi em julho daquele ano que o Congresso aprovou oficialmente a formação da NASA.