Impresso o 1º Atlas mundial – Cláudio Ptolomeu

16 Julho 1477

Cláudio Ptolomeu (100-170, aproximadamente), conhecido como Ptolomeu, foi um astrónomo, matemático e geógrafo de ascendência grega que viveu e trabalhou na cidade de Alexandria, no Egipto. Em seu livro Geografia, Ptolomeu reuniu todo o conhecimento geográfico possuído pelo mundo greco-romano. Ele utilizou um sistema de linhas de grade para traçar a latitude e longitude de aproximadamente 8.000 locais no mapa que englobava o mundo conhecido no auge do Império Romano. O trabalho de Ptolomeu era desconhecido para a Europa na Idade Média, mas por volta de 1300, estudiosos bizantinos começaram a introduzir cópias de seus mapas e textos na Itália. Em 1406, o italiano Jacopo d’Angelo traduziu o original para o latim. A primeira edição impressa surgiu em Roma em 1477, seguida um ano depois pela edição apresentada aqui, que contém algumas das primeiras e mais finas gravações em cobre impressas.

As gravuras começaram em Roma com o alemão Konrad Sweynheym, que, com seu parceiro Arnold Pannartz, fundou a primeira imprensa italiana em Subiaco em1465. Sweynheym faleceu em 1477, e as gravuras e a publicação foram concluídas por Arnold Buckinck. A obra contém 27 mapas, cada um impresso em duas folhas separadas lado a lado. A obra Geografia de Ptolomeu continha grandes erros, atribuíveis em parte a seus cálculos errados com relação ao tamanho da Terra, que ele acreditava ser menor do que é. Um efeito de seu cálculo errado foi fazer com que Colombo subestimasse o tempo que levaria para chegar ao que ele acreditava ser a Ásia navegando na direção oeste. Exploradores europeus preencheram gradativamente e corrigiram os mapas de Ptolomeu, mas os métodos do antigo geógrafo continuaram sendo importantes como base para a prática cartográfica moderna.