Nascia o estilista de moda, Giorgio Armani

11 Julho 1934

Giorgio Armani, também conhecido como Imperador de Milão, nasceu numa cidade chamada Piacenza, que fica localizada bem ao norte da Itália em 11 de julho de 1934.

Diferente do começo de outros nomes de grandes casas de costura, o amor pela moda e o bom gosto não se manifestou quando este ainda era um menino.

Na verdade, Giorgio chegou a cursar dois anos completos de medicina na Universidade de Milão. Além disso, serviu ao exército italiano. Aos 20 anos de idade, aceitou o emprego de vitrinista e de assistente de fotografia, o que daria a base para que este viesse a se tornar comprador de moda masculina para uma das mais conhecidas e respeitadas lojas de departamento em Milão, a La Pinascente.

Giorgio tinha uma irmã mais nova, a Rosanna, que trabalhava, naquela época, como modelo. E foi assim que aos poucos ele foi sendo introduzido a esse universo restrito. Nessa época, conseguiu a oportunidade de ser assistente do estilista Nino Cerruti, cargo que ocupou por longos 9 anos. A partir daí, seu currículo nunca mais foi visto com o mesmo olhar.

Na década de 70, começou sua própria carreira de forma independente dentro do mundo da moda, sendo encorajado por seu melhor amigo, Sergio Galeotti, após ter adquirido experiência desenhando para inúmeras grifes importantes, como por exemplo, a Emanuel Ungaro.

Para conseguir o capital inicial para a sua própria empresa, vendeu o seu carro e arrecadou a bagatela de US$ 10.000,00. Na época, para lhe dar mais suporte, contratou um estagiário de moda e também uma secretária que cuidasse da sua agenda.

Nascia neste exacto momento, a história de uma das maiores e mais respeitadas grifes do mundo… No dia 24 de julho de 1975, apresentou ao mundo o que viria a ser sua primeira coleção, a The King of Jackets. 

No ano de 1978, a Armani decidiu dar um passo muito importante para a sua história, principalmente por ser o mercado internacional. Lançou dentro do mercado canadense e americano, uma linha luxuosa chamada Giogio Armani Collezione  que tinha tanto roupas para homens como roupas para mulheres. A partir daqui, a expansão da Armani era inevitável!

De forma alguma, foi exagero quando a imprensa italiana o nomeou como o Rei Giorgio, afinal de contas, Armani foi o grande responsável por colocar Milão como o centro da moda elegante e luxuosa no mundo.

Ele possui um estilo único e inovador, tanto para o guarda-roupas masculino e, principalmente, para o guarda-roupas feminino. Ele deu novos sentidos e um significado muito maior e mais amplo! Pela imprensa, ele é conhecido por ser um verdadeiro viciado em trabalho e, em situação que exigiam certa delicadeza, ele age de forma mais grosseira.