Nascia o estilista de moda, Marc Jacobs

9 Abril 1963

MARC JACOBS faz o que quer, inventa, arrisca, gera polémica e, no fim, todos amam o seu trabalho. Ex-diretor criativo da luxuosa Louis Vuitton, cria sua marca própria, MARC JACOBS, causa verdadeiro furor entre as celebridades, conseguindo agradar moderninhos e socialites sem perder a sua veia underground. O sucesso é tanto, que antes mesmo de lançar uma nova colecção suas peças são aguardadas ansiosamente pelo público.

marc-jacobs-foto-interna-1200x640

Marc Jacobs, talvez o nome mais proeminente da moda fashion no mundo, nasceu no dia 9 de Abril de 1963 em Nova York nos seios de uma família judia. Embora tenha sido criado em Nova Jersey, ele retornou a Nova York para cursar a New York High School of Art and Design, onde se graduou em 1981. Começou a ganhar destaque no mundo da moda quando ainda cursava a badalada Parsons School of Design. Isto porque ele desenhou suéteres em tamanho muito maior que os usuais para sua tese de conclusão do curso. Uma compradora da Charivari, uma tradicional boutique feminina da cidade e onde Jacobs já havia trabalhado como armazenista quando tinha apenas quinze anos, gostou e decidiu produzir uma edição limitada dos suéteres. Começava então, de forma tímida, a carreira de um dos maiores e mais ousados estilistas que o mundo já conheceu.

marc_jacobs_-e1427938880784

Mas o grande desafio de sua carreira seria assumido ainda 1997 quando ele foi contratado como director artístico da tradicional marca francesa Louis Vuitton. Sob seu comando, a centenária Louis Vuitton foi reinventada, ganhando uma modernidade que foi instantaneamente aprovada pelas consumidoras. Transformou a LV em um ícone da moda de luxo, criou a linha de prêt-à-porter da grife; lançou colecções de sapatos, jóias e relógios; integrou a arte como referência de suas colecções; e fez com que a facturação da marca triplicasse em poucos anos. De roupas a acessórios e até a concepção das vitrinas das lojas, o controle de Marc Jacobs era total na LV. Nos anos seguintes a ousadia do estilista, conhecido por não seguir as tendências universais da moda de cada estação, ficou cada vez mais evidente, como na colecção de 2004/2005, quando, ignorando o estilo safári seguido por outros grandes nomes do mercado, criou sua colecção baseada em um estilo completamente feminino com seus modelos desfilando entre 450.000 rosas na passerelle. Marc Jacobs deixou a Louis Vuitton em 2013 para dedicar-se aos próprios negócios e a sua própria marca.

Marc-Jacobs-Biografia

Nos últimos anos, o grupo LVHM, que passou também a ser proprietário da MARC JACOBS em 1997, expandiu e acelerou o processo de internacionalização da marca própria do estilista com a inauguração de várias lojas nas mais badaladas cidades do mundo (incluindo Paris, Londres, Tóquio, Madri, Chicago, Moscou, Dubai, Doha, Seul, Beijing e Jacarta), além de ampliar consideravelmente o portefólio de produtos, que agora englobam desde perfumes, relógios, óculos e acessórios diversos até uma sofisticada linha de roupas para crianças. Outra estratégia da marca MARC JACOBS foi acelerar a abertura de unidades dentro de sofisticadas lojas de departamento na região asiática e no Oriente Médio.