Surge pela 1ª vez em BD o marinheiro, Popeye

17 Janeiro 1929

O mais famoso marinheiro dos quadradinhos não nasceu protagonista.

Porém, bastou uma aparição para conquistar os leitores e se tornar o centro das atenções da BD Thimble Theatre, criada por Elzie Crisler Segar.

O curioso é que ele roubou o papel principal do que se tornaria sua musa, eterna namorada e de quem gosta até mais do que espinafre: Olívia Palito.

popeye capa

Isso mesmo. Antes de Popeye, a  moça magricela e a sua família protagonizavam a história.

Publicada no New York Journal desde Dezembro de 1919, a Thimble Theatre contava com o irmão empreendedor de Olívia, Castor, os pais, Cole e Nana, além do então namorado, Ham Gravy, que acabou por sair e dar o lugar ao marinheiro.

Em 17 de Janeiro de 1929, quase dez anos depois da primeira edição, Segar introduziu Popeye na história. Castor Palito e Ham Gravy estavam no cais em busca de um tripulante para uma expedição no mar. Castor pergunta  para um então magro e estranho tipo e pergunta: “Ei, tu aí! és um marinheiro?”. Popeye responde com sarcasmo, na lata: “Você acha que eu sou o quê …um cowboy?!”

A partir desse dia, Popeye tomou conta da Thimble Theatre. Ficou tão popular que Segar mudou o nome da BD para Thimble Theatre: Starring Popeye the SailorA história, na época bem diferente do que a conhecemos hoje, também passou a ser publicada em outros jornais.

figura1-1

Graduadamente, o marinheiro tornou se o protagonista e acabou fisgando o coração de Olívia, relegando Gravy a um personagem esporádico. Gugu, o bebê adoptado por Popeye, Dudu, o inveterado comedor de hambúrguer, e Alice, a babá brutamontes, foram surgindo posteriormente. Já Brutus, o grande rival de Popeye pelo coração de Olívia, apareceu pela primeira vez em 1932.

Em 1933, cinco anos depois da morte de Elzie Segar, os irmãos Max e Dave Fleischer adaptaram os quadradinhos para uma animação.

17jan14