Nascia a apresentadora e produtora de TV ,Teresa Guilherme

27 Junho 1955

Maria Teresa Salgado de Vieira Guilherme nasceu a 27 de Junho de 1955, em Lisboa. É filha do cantor Luís Guilherme e da fadista Lídia Ribeiro. Na infância viveu entre o Brasil e Portugal. Desde tenra idade revelou queda para o mundo espectáculo, o que não é propriamente estranho, atendendo à vida profissional dos seus progenitores.

vip-pt-19417-noticia-teresa-guilherme-que-idade-tinha-nesta-foto

Depois de ter passado pela Função Pública sem sucesso, foi convidada por Raul Durão para ingressar na Rádio Difusão Portuguesa (RDP). Na RDP assumiu a função de produtora, no programa de rádio “Vozes e Nozes”. Continuou depois a trabalhar na produção de programas de rádio, trabalhando directamente com Nicolau Breyner.

Na década de 80, iniciou a sua própria empresa, a “Teresa Guilherme LDA”, que se especializou na produção de festas privadas e de espectáculos. Entre os eventos promovidos pela sua empresa contaram-se inúmeras passagens de modelo e inaugurações de centros comerciais. Desta forma, a produtora de eventos ganhou uma enorme visibilidade, principalmente na zona de Lisboa.

o-meu-primeiro-amor-teresa-guilherme-raul-durao-apaixonada-focada-IMG_6809

Em 1991, chegou finalmente à televisão, criando e produzindo um programa de cariz juvenil para a Rádio Televisão Portuguesa. O programa tinha como título “Acontecimentos, Limitada” e era transmitido uma vez por semana. No mesmo ano, Teresa Guilherme, mudou de posição, deixando os bastidores e assumindo o papel de protagonista. Estreou-se como apresentadora no programa “Eterno Feminino”, criado por si própria. Meses mais tarde produziu o programa “Sim ou Sopas”, que foi apresentado por Manuel Luís Goucha, um grande amigo seu.

Em 1993, apresentou o programa “Olha que Dois”, juntamente com Manuel Luís Goucha. Este foi o primeiro programa que apresentou, sem ser também produtora. No canal público apresentou ainda “Chá das cinco”. No mesmo ano mudou-se para a SIC, onde apresentou inicialmente o programa “E o Resto É Conversa”, que viria a ter mais de duzentas edições. De seguida, apresentou “Labirinto”.

2014-05-10-1

Já em 1994, foi-lhe dada a oportunidade de produzir e apresentar o concurso “Não se Esqueça da Escova de Dentes”, que era uma das grandes apostas da estação televisiva. O programa alcançou um grande sucesso. Nos anos que se seguiram, conduziu os programas “Ousadias”, “Confissões” e “Programa do Além”. Em 1998, produziu “Ai os Homens”, programa de entretenimento apresentado por José Figueiras, que alcançou grandes audiências. A partir de 1999, começou a produzir programas para os três canais.

Em 2000, foi convidada para apresentar “BigBrother”, um realityshow polémico que conseguiu uma enorme visibilidade em Portugal e que lhe trouxe uma grande projecção. Numa entrevista dada em 2010, Teresa Guilherme contou que foi apenas a quinta escolha para a apresentação do programa e que aceitou a proposta sabendo à partida que a polémica iria ser grande.

Continuaria a produzir vários programas na TVI mas mais tarde acabou por passar pela RTP e pela SIC.

img_818x455$2017_10_05_22_58_32_674137

Em 2009, na sequência de problemas de relacionamento antigos com o diretor da SIC, resolveu deixar o canal. Em 2008, Teresa Guilherme divorciou-se de Henrique Dias, com quem havia casado em 2004.

De volta á TVI continuou com uma longa carreira em programas de entretenimento. A partir de 2016 é do conhecimento público variados problemas quer financeiros quer laborais que a levaram a uma posição  difícil na estação da TVI.

teresa-o-confessionário