Vasco da Gama chega a Moçambique

1 Março 1498

O navio comandado por Vasco da Gama foi um dos a navegar da Europa para a Índia, na mais longa viagem oceânica realizada até à data. A distância da viagem da sua armada foi superior a uma volta ao mundo, pelo Equador.

Manuel I de Portugal confiou a Vasco da Gama o cargo de capitão-mor da frota que rumou de Belém em direcção à Índia. O navegador português chegou a Moçambique em 1498, num feito heróico da Era dos Descobrimentos. Esta antiga colónia de Portugal viria a tornar-se independente a 25 de Junho de 1975.

Caminho_maritimo_para_a_India

Quando Vasco da Gama chegou, em 1498, a Ilha de Moçambique tornara-se uma povoação Suáli de árabes e negros com seu xeque, subordinado ao sultão de Zanzibar e continuava a ser frequentada por árabes que prosseguiam o seu comércio de séculos com o mar vermelho, a Pérsia, a Índia e as ilhas do Indico.

partidavascogama

A ilha de Moçambique ganhou uma importância estratégica como escala de navegação da carreira da Índia que ligava Lisboa a Goa, tornando-se um dos pontos de encontro das embarcações eventualmente desgarradas na viagem de ida, assim como porto de ancoragem das que eventualmente se atrasassem e perdessem a monção. Onde na Ilha é hoje o palácio dos capitães generais, fizeram os portugueses a Torre de S. Gabriel no ano de 1507, data em que ocuparam a Ilha, construindo a pequena fortificação que tinha 15 homens a proteger a feitoria nela instalada.

009-vasco-da-gama-perante-o-samorim-veloso-salgado