Nascia o escritor russo Anton Tchekhov

29 Janeiro 1860

Um dos mais famosos novelistas e dramaturgos russos, considerado um dos mestres do conto moderno, Anton Tchekhov era filho de Pavel Egorovic Tchekhov e de Eugenia Jakovlevna. Teve quatro irmãos e duas irmãs, sendo que uma delas  morreu aos dois anos de idade.

A família era de origem humilde. Seu pai tinha uma modesta mercearia, onde Anton trabalhava para ajudar no sustento. Em 1874 seu pai contraiu dívidas e quase foi preso.

5a39050085600a5bad08d904

Precisou fugir para Moscovo, onde dois dos seus filhos estudavam. A esposa o seguiu depois. Anton, então com 17 anos de idade e Michail, um ano mais novo, ficaram em Taganrog para acabar o liceu.

Com a falência da família, dá aula particular para pagar os últimos anos de colégio. Em 1876 escreve histórias humorísticas para um jornal da cidade natal. Em 1879 vai para Moscovo estudar medicina.

Faz estágios em hospitais e publica seu primeiro livro de contos, Narrativas Coloridas, em 1886. Seus volumes de contos, como Palavras Inocentes (1887) e Histórias (1889), estão entre as obras-primas do género. Mostram o quotidiano do povo e rompem com a tradição da narrativa literária russa do século XIX.

Anton-Tchekhov

No teatro sua colaboração com o diretor Konstantin Stanislávski, do Teatro de Arte de Moscovo, resulta em montagens antológicas, como A Gaivota (1898), Tio Vânia (1899) e As Três Irmãs (1901), responsáveis pela divulgação de sua obra por toda a Europa. Em 1897 contrai tuberculose e muda-se para a Criméia. Morre em uma clínica de repouso na cidade de Badenweiler, na Alemanha.