A Insulina é usada pela 1ª vez

11 Janeiro 1922

Descoberta no Canadá, em 1921, pelo médico Frederick Grant Banting e pelo bioquímico Charles Herbert Best, a insulina produzida em laboratório revolucionou o tratamento do diabetes e rendeu aos seus descobridores o Prémio Nobel de Fisiologia.

hh23foto

Até então, a doença, que é causada pela deficiência do pâncreas em produzir a hormona que leva a gordura até as células, era considerada sem cura. Não era possível controlar os sintomas, pois suas causas não eram localizadas.

Os primeiros testes foram realizados em cachorros. Somente no dia 11 de Janeiro de 1922, Leonard Thompson, de 14 anos, que na época pesava apenas 30 quilos, foi submetido ao tratamento com insulina.  A primeira injecção intramuscular não alcançou o objectivo esperado. Na segunda tentativa, dessa vez com o extracto mais purificado, o sucesso foi alcançado. O nível de glicose no sangue foi reduzido, o que permitiu um tratamento de longo prazo.

Primeiro ser humano a ser tratado com insulina Charles Best.

As pesquisas continuaram no sentido de produzir uma insulina mais próxima da humana. Primeiramente, na década de 1960, foi produzida a partir de bovinos e suínos. No fim dos anos 1970, foi possível produzir insulina idêntica à humana através da recombinação de DNA no interior de uma bactéria.

Laborarório-Toronto-Canada-1922-diabetes-650x336