É publicado o 1º nº do jornal desportivo “ Record “

26 de Novembro 1949

Faz hoje precisamente 68 anos que foi publicado, mais propriamente no dia 26 de Novembro de 1949, o primeiro número do jornal diário desportivo RECORD. Que contudo no entanto passou entretanto por várias periodicidades, voltando a publicar-se novamente, com mais regularidade todos os dias, a partir de 1 de Março de 1995. Jornal dedicado ao desporto em geral, que ao longo destes 66 anos de um longo historial dedicado de uma forma séria e isenta, sendo de louvar que ao longo destes 66 anos de vida dedicada ao desporto,ter este jornal a grata felicidade  de ter sido sempre composto por um quadro de dedicados profissionais de grande competência que têm sabido com dedicação e trabalho levado para as bancas as grandes notícias, não só do desporto nacional como internacional.

logo-record

A todos os que trabalharam ao longo destes anos, e sempre souberem defender a “camisola” chamada RECORD, até aos actuais profissionais e como leitor o meu muito obrigado, os meus parabéns e que tornem possível, pelo menos a chegada aos 100 anos de existência, pois decerto que este “escriba”, já cá não estará para aplaudir e agradecer da mesma forma como estou a faze-lo hoje.

record-portugal_22102017_big-1

E um dos principais culpados, de hoje estarmos aqui a comemorar este aniversário e seu fundador, deste jornal, foi o antigo atleta campeão de Cross, do Fundo e Meio-fundo, que representou os dois maiores clubes de Portugal, quer o Sporting Clube de Portugal quer o Sport Lisboa e Benfica, de seu nome Manuel Dias, que  foi um grande atleta, maratonista olímpico, tendo representado as cores de Portugal nos Jogos Olímpicos de Berlim no ano de 1936, sendo igualmente campeão nacional da especialidade.Nesta competição, também nos anos de 1930, alcançou um brilhante, 2º. Lugar na maratona de Londres.Foi vendedor de jornais de profissão, de seu nome volto a repetir, Manuel Dias, nascido a 13 de Março de 1904, que foi posteriormente um dos fundadores do jornal RECORD, aproveitando o facto de ter ganho algum dinheiro na lotaria.