Nascia o escritor Eugene O´Neill

16 de Outubro 1888

(Eugene O’Neill Gladstone, New York, 1888 – Boston, 1953) dramaturgo americano.A sua juventude aventureira, não só fornece os primeiros experimentos para utilização em obras que são lançadas, mas também trouxe para lidar com os problemas colocados pelo contraste entre o destino e a natureza humana e que são o foco do seu trabalho, entendido não em relações humanas, mas as relações entre o homem e algo que pode ser chamado de Deus ou Destino.

111017_r21379_g2048-942-1200-09135513

O seu pai era um irlandês que emigrou para os Estados Unidos, onde se tornou conhecido como actor e director de teatro, e por muitos anos foi popular ao representar o Conde de Monte Cristo.Aos  sete anos, Eugene O’Neill seguiu o seu pai na sua “tourne” Depois de ter passado por várias escolas, principalmente católicas, em 1906 matriculou se na Universidade de Princeton, saindo um ano depois para ir para Nova York.

Durante alguns anos teve uma vida errante foi variadas coisas mas principalmente marinheiro rendo estado em vários países entre os quais a Argentina que passou a amar.

Retornou aos Estados Unidos foi um actor na companhia do seu pai e fez uma “tournée” pelo Oeste, por último, o estágio na redacção do Telegraph, jornal modesto de New London, Connecticut. Pouco tempo depois descobriu que tinha um princípio de tuberculose e teve de passar seis meses num sanatório, entre 1912 e 1913.Já curado resolve escrever para o teatro.

Eugene ONeill 1936

Primeira peça de O’neill Rumo a Cardiff , estreou no teatro em Provincetown, Massachusetts. No Sanatório leu Ibsen, Strindberg, Nietzche e Dostoievski compulsivamente e sentiu que escrever era o que queria fazer pelo resto de sua vida. Pela primeira vez sentiu o prazer de impulso que o levou a escrever peças e trabalhar artisticamente as expressões vividas até então. Após sua saída na primavera seguinte (1913), permaneceu por um tempo em casa, e assim que a temporada começou novamente foi morar durante pouco mais de um ano com uma família inglesa. Neste período Eugene leu muito, meditou, praticou desporto, nadou diariamente pelas manhãs (mesmo no inverno), e acima de tudo escreveu muito: em um período de 15 meses escreveu onze peças de um ato, dois dramas e alguns poemas. Por seu drama. ‘Além do Horizonte’ , Eugene foi consagrado com o Prémio Pulitzer em 1920. foi o primeiro dramaturgo americano a receber o prémio Nobel de Literatura 91936), pela força , verdade e sentimentos profundos que trouxe à sua obra dramática ao encarnar uma ideia própria de tragédia.

Morreu em 1953 em um hotel em Boston, vitima de Tuberculose. “Nasci num quarto de hotel e morri num maldito quarto de hotel, poderiam ter sido suas últimas palavras”.

Portrait_of_Eugene_O'Neill_and_Carlotta_Monterey_O'Neill_2