Júlio Iglésias está de parabéns !

23 de Setembro 1943

Julio José Iglesias de la Cueva, ou apenas Julio Iglesias, nasceu a 23 de Setembro de 1943 em Madrid, Espanha. Filho de Julio Iglesias Puga, um médico e de María del Rosario de la Cueva y Perigna.

A sua família paterna é originária da Galiza, enquanto que a família materna é da Andaluzia. Julio tem um irmão dois anos mais novo, Carlos.

1b013f6567eb2021ff628be54f7dbba8--film-movie-nai

Iglesias cresceu e estudou em Madrid. Na sua juventude estudou direito e jogou futebol como guarda-redes. Iglesias chegou a vestir a camisola de uma das equipas do Real Madrid. A 22 de Setembro de 1963, Julio sofreu um acidente de carro, que originou uma lesão na medula espinal e colocou um ponto final na sua carreira como futebolista.

Durante três anos, Iglesias esteve muito doente, mas apesar das previsões dos seus médicos que apontavam que talvez numa mais voltasse a andar, Iglesias, conseguiu recuperar, apesar de ter sido obrigado a fazer terapia durante toda a sua vida. Iglesias começou a tocar guitarra para desenvolver a destreza das suas mãos.

julio-iglesias-antes-e-depois

Após recuperar do seu acidente, Julio resolveu voltar a estudar e viajou para Inglaterra, para aprender Inglês. Ali estudou em Ramsgate e depois em Cambridge.

Em 1968, Iglesias venceu o Benidorm International Song Festival, um concurso destinado a autores de canções. Iglesias apresentou a concurso a canção “La vida sigue igual” (em português “A Vida Continua Igual”). Esta canção foi depois utilizada no filme com o mesmo nome, sobre a sua própria vida. A vitória no concurso, valeu-lhe a assinatura de um contrato com a Discos Columbia, a sucursal da Columbia Records em Espanha.

Em 1970, Julio Iglesias representou Espanha, no Festival da Eurovisão da Canção, conseguindo o quarto lugar. Pouco tempo depois, o cantor lançou o single “”Un Canto A Galicia”, que chegaria ao primeiro lugar do top em diversos países. Apenas na Alemanha, foram vendidos mais de 1 milhão de exemplares deste single.
Actualidad_160497223_18125470_1706x960

Iglesias casou com a jornalista Isabel Preysler, com quem teve três filhos: Chabeli Iglesias, Julio Iglesias, Jr. e Enrique Iglesias. O casal divorciou-se em 1979. Dois anos depois, o seu pai, Julio Iglesias Puga foi raptado por independentistas bascos. Ainda que o seu pai tenha sobrevivido ao rapto e sido libertado duas semanas depois, este acontecimento, levou Julio Iglesias a sair de Espanha e a mudar-se, juntamente com os seus filhos para Miami, nos Estados Unidos da América.

Já em Miami, Iglesias assinou contrato com a CBS International e começou a gravar em vários idiomas: inglês, português, francês, alemão, entre outras.

A 24 de Agosto de 2010, Iglesias casou com a holandesa Miranda Rijnsburger, com a qual mantinha uma relação de mais de 20 anos. A cerimónia ocorreu na igreja Virgen del Carmen, em Marbella, Espanha. Julio e Miranda têm 5 filhos em comum: Miguel, Rodrigo, as gémeas Victoria e Cristina e Guillermo.

image

Curiosamente, já depois dos 60 anos de idade, Iglesias “recebeu” mais dois meios irmãos: Jaime, nascido em 2004 e Ruth, nascida em 2006. O pai de Julio, o Dr. Iglesias Puga teve o seu último filho com 89 anos de idade, vindo a falecer um ano depois.

Em termos familiares, sabe-se que Julio não tem a melhor das relações com o seu filho Enrique, também ele um popular cantor. Prova disso, está na renúncia de Enrique à imensa fortuna do seu pai, avaliada em mais de 5 biliões de dólares.

Julio Iglesias é considerado um dos 15 artistas que mais vendeu na história da indústria musical, com mais de 300 milhões de álbuns vendidos em 14 idiomas diferentes. A sua profícua carreira resultou em 77 álbuns mercados até à atualidade.
Fonte do artigo: AntesDepois