Em 1940 nascia o actor Nicolau Breyner

30 de Julho 1940

Filho de Nicolau Moreira Lopes (1915 – 1965) e de Augusta Pereira da Silva de Melo Breyner Pereira (1920 – 23 de Maio de 2003), trineta do General Francisco José de Araújo de Lacerda Teixeira de Brito e 5.ª neta com duas bastardias do 3.º Senhor de Ficalho e da 1.ª Condessa de Ficalho.
É primo da escritora Sophia de Mello Breyner Andersen.

ng6211128
Foi casado primeira vez com Mafalda Maria de Alpoim Vieira Barbosa (12 de Dezembro de 1947), irmã de Carlos Barbosa, de quem se divorciou e de quem foi primeiro marido, sem geração.
Foi casado segunda vez com a atriz Sofia Sá da Bandeira, entre 1996 e 2001, de quem foi segundo marido e de quem se divorciou, sem geração.
Viveu com Cláudia Fidalgo Ramos, filha do realizador e encenador Artur Ramos, mãe das suas duas filhas Mariana e Constança Fidalgo Ramos de Melo Breyner Lopes.
Foi casado, desde 24 de Junho de 2006, com Mafalda Gomes de Amorim Bessa, de quem foi terceiro marido, sem geração.

01459158492

Depois da infância em Serpa, veio para Lisboa com a família, tendo frequentado o Liceu Camões e a Faculdade de Direito. Depressa desistiu de Direito, acabando por se diplomar em Teatro, no Conservatório Nacional. Estreou-se como actor na peça Leonor Telles, de Marcelino Mesquita, no Teatro da Trindade. Pouco depois popularizava-se na comédia, tanto no teatro de revista como na televisão, demonstrado em programas como Nicolau no País das MaravilhasEu Show Nico ou Euronico. Recentemente interpretou Esta Noite Choveu Prata de Pedro Bloch, produzido por Sérgio de Azevedo.

Foi actor e co-autor da primeira novela portuguesa, Vila Faia. Participou ainda em variadas sitcomsGente Fina é Outra CoisaNico D’Obra;Reformado e Mal PagoSantos da CasaAqui não Há Quem Viva inúmeras séries (O Espelho dos AcáciosVerão QuenteConde D’ AbranhosA FerreirinhaJoão SemanaQuando os Lobos Uivam e Pedro e Inês) e novelas (entre outras: Fúria de Viver e Vingança). Em 2008 mudou-se para a TVI e desde então realizou inúmeros trabalhos, entre Casos da VidaFlor do Mar, a série histórica Equador e mais recentemente Morangos com Açúcar. Trabalhou também como realizador de várias séries e produtor de televisão, tendo sido o fundador da NBP Produções.

Nicolau

Teve mais de quarenta participações no cinema, em filmes de cineastas como Augusto Fraga, Perdigão Queiroga, Henrique Campos, José Ernesto de Souza, Herlander Peyroteo, Pedro Martins, Artur Semedo, Luís Galvão Teles,Fernando Lopes, Jorge Paixão da Costa, António Pedro Vasconcelos, Roberto Faenza, Joaquim Leitão, Leonel Vieira, Mário Barroso ou João Botelho.

Recebeu ao longo da sua carreira cinematográfica, três Globos de Ouro, tendo sido considerado Melhor Actor com Kiss Me (2004), O Milagre Segundo Salomé (2004) e Os Imortais (2003).

maxresdefault