Série da RTP – “Daniel Boone “

3 de Junho 1970

Daniel Boone é uma série produzida entre 1964/70 que conta a história de Boone (Fess Parker), um desbravador do Oeste Americano que fundou a cidade de Boonesburough.
A família Boone é composta por Fess Parker, Patricia Blair, Darby Hinton e Veronica Cartwright. Ed Ames, desempenha a personagem Mingo, parceiro de viagens de Daniel.

daniel boone_thumb[2]

Daniel Boone (Fess Parker) caçador e aventureiro estabeleceu-se com a sua família na fronteira dos Estados Unidos, a leste do Mississipi, em 1770. Vivia as suas aventuras entre índios amigos, como é o caso do seu companheiro Mingo, e índios inimigos, os quais lhe traziam muitos problemas. Rebecca, a sua mulher, o filho Israel e o taberneiro Cincinnatus completam as personagens principais desta série.

Ao todo foram produzidos 165 episódios ao longo das seis temporadas que entre nós passaram também por essa altura na RTP, ainda a preto e branco.

d64ec64da8fdfeda79eb9ec3bd837648

Estes episódios abriam com um memorável genérico em que o herói com um certeiro golpe de machada fendia ao meio um tronco de árvore.

A trama de grande parte dos episódios centrava-se nas complexas relações do homem branco com os índios Cherokee, numa luta constante de conquista e defesa de territórios. No fundo era o retrato dos conflitos e das difíceis relações entre pioneiros, caçadores de recompensas, negociantes de peles, oportunistas e vigaristas de toda a espécie, com o exército britânico pelo meio, numa fase em que toda a gente buscava uma nova terra e uma nova casa numa jovem e ainda indefinida nação americana.

Daniel Boone representava o equilíbrio da balança entre o bem e o mal, a razão e a emoção, resolvendo disputas sociais, étnicas e culturais entre brancos e índios.