1963 – Independência do Quénia

12 de Dezembro 1963

Localizado na parte oriental do continente africano, o Quénia começou a ser colonizado pelos ingleses em 1890. As suas terras, ricas em minerais preciosos, principalmente ouro, e os recursos naturais (madeira e especiarias) foram muito explorados, além da mão de obra escrava que também gerava lucro.

destino-183-quenia-1

Depois da Segunda Guerra Mundial e até a década de 1950, aumentaram os confrontos entre a administração colonial e a população local. Surgiram, então, movimentos de libertação vindos principalmente da tribo Gikuyu (de etnia Kikuyu) que criou o Mau-Mau, grupo que realizava atentados em fazendas e plantações. Embora esta revolta tenha sido duramente sufocada pelo exército britânico em 1959, a percepção geral era de que o Quénia não poderia voltar a ser governado pelos colonizadores.

635224076938790332w

Em 1963 os ingleses foram expulsos do território e em 12 de Dezembro do mesmo ano, a Inglaterra reconheceu a independência do país.

A capital do país é Nairobi. Quénia faz fronteira com a Etiópia ao norte, Somália ao leste, Sudão do Sul a noroeste, Uganda a Oeste, Tanzania ao sul e o Oceano Indico. A língua oficial é o inglês, que convive com outras línguas nacionais importantes, como o kikuyu e o luo. Com uma população de cerca de 39 000 000 indivíduos, a maioria dos leoneses, cerca de 82% seguem o cristianismo, com 11% de muçulmanos e o restante de adeptos do hinduísmo, siquismo, judaísmo, e religiões tradicionais africanas.

ke

mapamundi-com-es-mapa-de-africa-politico

capa