A RTP apresentava pela 1ª vez a série “ Rua Sésamo “

6 de Dezembro 1989

Estreou em 1989 a versão portuguesa da rua mais famosa do mundo e terminou em Maio de 1990. A Rua Sésamo transformou-se num sucesso imediato sendo bem recebida pelo publico infantil como pelo publico mais velho. O programa passava de segunda à sexta na RTP á tarde mas como sucesso foi tão grande, começou a passar de manhã e repetia à tarde.
A primeira série teve 130 episódios com aproximadamente 30 minutos e realização de Ricardo Nogueira. Cada programa era composto pelos sketches da rua portuguesa com actores portugueses gravados nos estúdios da Tobis. Também eram apresentados vários documentários tipo “como se faz o pão” ou mostrar “como se faz uma lâmpada”. O programa continha também animações feitas em Portugal e também da Rua Sésamo original.

rua-sesamo

Como não podia faltar tinha os sketches com os famosos bonecos da Sesame Street que eram dobrados por actores portugueses com direcção do actor António Feio.
Após os 130 episódios a RTP voltou a repetir a primeira série, de Setembro de 1990 a Março de 1991 e voltou a repetir de Maio de 1991 a Novembro de 1991.
Foram muitas as crianças que começaram a dar os primeiros passos na leitura e não só através da Rua Sésamo. Uma verdadeira escola!!!

Poupas era o boneco “principal” no meio do elenco humano da série, Luis Velez dava vida a este pássaro grande e Laranja (ao contrário da versão original Amarela do Big Bird), que era um pouco desastrado mas tinha um enorme coração e dava-se bem com todos os habitantes da Rua.
Senhor Almiro (António Anjos) era o dono da mercearia da rua e avô da Guiomar (Alexandra Lencastre), uma jovem muito bonita que estuda para ser arquitecta e passa a vida a conversar com todos da rua e a dar-se bem e preocupar-se com todos. Era raro quem via o programa e não tinha uma paixoneta pela Guiomar.
José/Zé Maria (Fernando Gomes) era um professor que ajudava muito os moradores da rua a aprenderem coisas sobre o nosso País, em especial sobre a nossa língua. Possuidor de um bom sentido de humor, ele era também o dono da papelaria do bairro juntamente com a sua esposa Carolina (Lúcia Maria), que era uma jornalista que gostava de passar o dia a ler e a ouvir telefonia para saber das notícias do mundo.

maxresdefault
André (Vítor Norte) era o faz tudo da rua, era pintor, carpinteiro e mecânico mas preferia estar na conversa com os habitantes da rua em vez de ficar na sua oficina. Era fácil encontrar ele a comer algo na casa da Avó Xica (Fernanda Montenor), uma senhora bondosa e que adorava fazer bolos que depois partilhava por todos na rua que tratava como seus netos, apesar de na verdade o único neto que tinha era o Gil (Pedro Wilson), um jovem que adorava jogar futebol e praticar todo o tipo de desportos, sendo o melhor amigo do André e da Guiomar.

Ferrão (António Pinto/Jorge David) era o outro boneco do elenco principal que interagia com o elenco humano, um boneco birrento, mal humorado e resmungão que vive num caixote de madeira junto à oficina do André. Era um grande fã do vegetal Agripino que dava para comer com tudo, e que depois tentava impingir a todos sem muito sucesso. As actuações do elenco humano e destes dois bonecos apareciam ao longo do programa, tendo sempre algum destaque no começo dele e depois apareciam entre os sketchs e vídeos educativos, mantendo sempre uma linha de narrativa paralela a estes mas também com uma componente educativa.

800