Em 1922 nascia o actor Paulo Autran

7 de Setembro 1922

Paulo Paquet Autran nasceu no Rio de Janeiro, mas passou a maior parte da sua vida na capital paulista. Com poucos meses de idade foi para Espírito Santo do Pinhal, interior de São Paulo, graças ao trabalho do seu pai, delegado da polícia. Em 1927 a sua família fixou se  na cidade de São Paulo.

autran-pbzzxx3

Por influência do pai, Paulo Autran formou se na Faculdade de Direito do Largo São Francisco em 1945. Inicialmente, pensava em ser diplomata. Nessa época, participou em algumas peças de teatro amador e acabou por ser convidado a estrear profissionalmente em “Um Deus Dormiu Lá em Casa”, com direção de Adolfo Celi, no TBC – Teatro Brasileiro de Comédia.

No começo foi relutante, afirmando não ser um actor profissional. Quem o incentivou foi a actriz e grande amiga Tania Carrero. A peça estreou no dia 13 de dezembro de 1949 e tornou-se um grande sucesso, rendendo inclusive prêmios para o actor.
Paulo Autran largou a advocacia e passou a se dedicar exclusivamente à carreira artística, dando prioridade ao teatro,a sua grande paixão. Em 1956, fundou com Adolfo Celi e Tania Carrero uma companhia teatral, que durou cinco anos.

maxresdefault

Depois seguiu a sua carreira independente, fazendo peças de sucesso, como “My Fair Lady”, “Visitando o Sr. Green” e “Pato com Laranja”. A sua trajectória confunde-se com a história do teatro brasileiro na segunda metade do século XX, tendo actuado com directores consagrados e com novos talentos, além de ter contracenado com todas as grandes actrizes da sua época.

Para tornar-se conhecido de um público mais amplo, participou de telenovelas “Gabriela, Cravo e Canela”; “Pai Herói”; “Guerra dos Sexos” e “Sassaricando”; além de mini séries como “Hilda Furacão”. Em todas elas, conseguiu tornar as suas personagens populares.

Em mais de 50 anos de carreira fez cerca de 90 peças, 15 filmes, inúmeras novelas e especiais para a TV. Era casado, desde 1999, com a actriz Karin Rodrigues.

pauloautran_gloriamenezes_paiheroi

Em 2006, Paulo Autran estreou o seu 90º espectáculo, a peça “O Avarento”, de Molière, mas teve de interromper a temporada devido aos problemas pulmonares que acabaram por matá-lo. Autran sofria de cancro no pulmão e enfisema.

autran-fernanda-1