Em 1923 nascia o pugilista Rocky Marciano

1 de Setembro 1923

Sabe com certeza  quem é Robert “Rocky” Balboa, o boxeur dos cinemas, mas talvez não conheça o homem que inspirou e deu o apelido famoso á personagem de Sylvester Stallone: Rocky Marciano. De carne, osso e muitos músculos, o norte-americano viveu 46 anos, entre 1923 e 1969, e até hoje sustenta o título de único peso-pesado invencível dos ringues: 49 adversários tentaram a sorte, mas nenhum o bateu – aliás, 43 caíram impiedosamente após KO.

68b62085e41e8f225811766f8d5eb2bb_XL

Filho de italianos, Rocco Francis Marchegiano nasceu no dia 1º de Setembro, em Massachusetts, nos Estados Unidos. Segundo a mãe de “Rocky”, o seu primeiro presente, entregue a ele no mesmo momento em que veio ao mundo, foi um cartão com pequenas luvas de boxe desenhadas e a frase: “Bem-vindo, novo campeão”.

Desde então até as lutas profissionais, contudo, o rapaz teve de vencer outros dois difíceis combates: um contra uma pneumonia que quase o matou com um ano de idade e outro contra a pobreza.

Depois de desistir do basebol e do futebol americano, que o seduziam nos tempos de colégio, o ítalo-americano dedicou se ao Desporto que o consagrou. Em março de 1947, Lee Epperson foi a primeira vítima do peso-pesado: KO no 3º round.

Boxing-Channel-This-Day-in-Boxing-Marciano-8

Pouco demorou para “Rocky” enfileirar os oponentes: os 11 primeiros o olharam de baixo para cima, deitados na lona. O 12º resistiu 15 rounds, mas perdeu por decisão unânime. Depois da 14ª vitória, um famoso treinador de boxe, Goody Petronelli, falou impressionado a Sports Illustrated, revista dos Estados Unidos: “Eu não pensei que ele fosse fazer tudo isso. Ele é baixo, leve para os pesados e não tem envergadura”.

Em 1951, aos 28 anos, o lutador fez o duelo mais importante da carreira. Joe Louis, ex-campeão da categoria, era o adversário: foi KO no oitavo assalto. Depois do combate, Marciano foi ao vestiário do ídolo e chorou, disse estar a sentir uma mistura de sentimentos. Curioso é que antes da disputa o vencedor dormiu de tão tranquilo e teve de ser acordado para ir para a arena.

O sossego do futuro campeão talvez fosse, na verdade, pura exaustão. Antes de encarar qualquer oponente, o norte-americano fazia cerca de 250 rounds de treino, 100 a mais do que o recomendado ou “normal”.

rocky-marciano-archie-moore-1955

No ano seguinte, enfim, “Rocky” Marciano tornou se o dono do cinturão, ao vencer Joe Walcott. Desde então, defendeu cinco vezes a conquista e só Ezzard Charles durou os 15 rounds. Pelo feito, até ganhou revanche, mas foi novamente para KO.

O atleta parou em 1959, depois de luta contra Archie Moore.

Em 1969 Rocco Francis Marchegiano embarcou num avião de Chicago para Des Moines. Com tempo chuvoso, o piloto pouco experiente tentou fazer uma aterragem de emergência, colidiu com um carvalho e matou os três passageiros a bordo.

rocky-marciano-signature-3-1