1944 – Nascia Lili Caneças

4 de Abril  1944

Maria Alice Custódio Carvalho Monteiro, conhecida como  Lili Caneças, nasceu a 4 de Abril de 1944. Aos 16 anos venceu um concurso realizado no Casino do Estoril, no qual se apresentou vestida de índia. Na sequência dessa vitória, foi entrevistada pelo então apresentador da Rádio Televisão Portuguesa (RTP), Henrique Mendes. Impressionado com a sua aparência física, Henrique Mendes apresentou-a na televisão.
_PM63n463

Estudou no Liceu de Oeiras e mais tarde, frequentou durante três anos o curso de Filologia Germânica na Faculdade de Letras de Lisboa, da Universidade Clássica de Lisboa. Não chegou a concluir o curso, optando por começar a trabalhar como hospedeira da TAP, no aeroporto de Lisboa.

Deixou a profissão de hospedeira para se casar, aos 20 anos, com o abastado empresário da construção civil e do mercado imobiliário Álvaro Caneças. A relação durou 17 anos e o casal teve dois filhos, João e Rita. Lili Caneças descreveu o fim da relação como um dos piores momentos da sua vida. Afirmou que naquele momento, todos os pilares em que acreditava se desmoronaram: a família, os amigos e Deus. Ela resolveu terminar a relação pois não estava satisfeita com a falta de afeto que o marido demonstrava, chegando a afirmar: “percebi que a maneira de o meu ex-marido mostrar que gostava de mim era a dar-me tudo”.

800
Depois do divórcio, Álvaro Caneças continuou a contribuir monetariamente, ajudando Lili Caneças e a filha Rita. Ao descobrir que Lili iniciara uma nova relação, o seu ex-marido cortou os apoios, fazendo com que a mãe e filha passassem por dificuldades. Nesta fase mais difícil, Lili Caneças nunca perdeu a postura e quando tinha que limpar a casa, fazia de conta que estava no ginásio.

Posteriormente à separação, tentou voltar a usar o seu nome de solteira, mas notando que ninguém a reconhecia dessa forma, optou por manter o apelido do seu ex-marido. Lili Caneças teria mais duas relações especiais, depois de se divorciar. Ambas as relações foram problemáticas, porque os seus apaixonados eram homens cheios de vícios, com facetas de playboys bem vincadas. Numa entrevista dada em Março de 2006, Lili confessou a sua tendência para se apaixonar perdidamente por homens complicados, desequilibrados e perversos. Terminadas estas relações, mostrou-se triste com o sexo masculino em geral, afirmando que todos os homens da sua vida quiseram apenas usá-la como troféu.

20110804PG015

A partir de 2001 participou em variados reality shows da Tv , tornando a uma das figuras mais conhecidas da nossa sociedade. A sua  cirurgia plástica foi amplamente divulgada nas revistas cor-de-rosa. Lili fez uma ritidectomia (lifting facial), com o intuito de alisar e esticar as rugas do rosto, do queixo e do pescoço e uma blefaroplastia, destinada a rectificar a pele das pálpebras superiores e inferiores. Na sequência da cirurgia, afirmou que exteriormente parecia ter perdido no mínimo 15 anos. Palavras que seriam alvo de troça na imprensa. Á uns anos a esta parte Lili vive mais afastada  da Tv. A crise económica também a afectou chegando a pensar emigrar para os Estados Unidos.
PAL_2874