1957 – Nascia Osama Bin Laden, Terrorista Saudita

10 de Março  1957

Osama bin Laden (1957-2011) foi um terrorista saudita. Fundou a organização Al-Qaeda, que praticou o atentado contra as torres gémeas, em 11 de Setembro de 2001 entre muitos outros. Foi o responsável pelo maior atentado de todos os tempos. Depois desses atentados, bin Laden passou a ser o terrorista mais procurado do mundo. No dia 1 de maio de 2011 foi fuzilado.

Osama bin Laden (1957-2011) nasceu em Riad, capital da Arábia Saudita , no dia 10 de Março. Filho de mãe síria e pai iemenita. Seu pai Mohammed bin Laden, de família pobre emigrou para a Arábia Saudita em 1930. Trabalhando na construção civil fez fortuna construindo palácios e prédios públicos para o Rei Saud. Osama foi educado por professores particulares e teve uma vida de luxo.

Com a morte de seu pai em 1968 bin Laden herdou uma fortuna. Ingressou na Universidade de Engenharia de Jeddah, onde aliou-se ao grupo Mujahidin, comprometido com a libertação da causa islâmica da dominação estrangeira. Ajudou a recrutar jovens muçulmanos e a financiar todas as actividades do grupo. Em 1979 já formado, passa a trabalhar com a família. Nesse mesmo ano a revolução islâmica opunha se à ocidentalização do Irão e o objectivo era depor o Xá Reza Pahlevi. O Irão foi finalmente declarado uma República Islâmica e os soviéticos invadiram o Afeganistão.

Osama bin Laden (© AP file)

Osama bin Laden além de financiar um movimento armado organizado para lutar contra os soviéticos, arrecadava dinheiro, inclusive dos Estados Unidos, para manter o movimento. Em 1988 fundou o Al-Qaeda, um centro operacional para os extremistas islâmicos, onde só eram recrutados membros experientes da guerra do Afeganistão.

Após a retirada soviética em 1989, bin Laden voltou à Arábia Saudita para trabalhar na empresa da família, mas as suas ideias radicais e o contacto adquirido com os grupos extremistas levaram no a tentar derrubar a monarquia saudita. Em 1991 foi exilado, perdeu a cidadania saudita e mudou se para o Sudão onde permaneceu 5 anos. A pressão diplomática exercida pelos Estados Unidos obrigou o Sudão a expulsar bin Laden que, em 1996 vai para o Afeganistão sob a proteção do chefe do movimento taliban, Omar Muhammad. Nesse mesmo ano o presidente americano Bill Clinton determina, sem sucesso, que a inteligência americana destrua toda a estrutura criada e assassine Osama.

A sua organização foi responsável por vários ataques nos Estados Unidos, nos países aliados e no Médio Oriente. Só em 1 de maio de 2011 uma operação militar surpreendeu o terrorista com um tiro na cabeça. Bin Laden estava escondido na cidade de Abbottabad, próximo a Islamabad capital do Paquistão. A sua morte foi anunciada na TV, pelo presidente americano Barack Obama. Segundo os Estados Unidos o funeral foi feito seguindo  os rituais islâmicos e o seu corpo foi atirado  no mar.

casa1ap

11122628