Aparição do cometa Halley

9 de Fevereiro 1986

O Halley é um cometa famoso que “visita a Terra” a cada 75 ou 76 anos, quando atinge o ponto mais próximo do Sol – o periélio. A sua última aparição foi em 1986. Por alguns dias, ele ficou (mais ou menos…) visível até mesmo a olho nu. Ao afastar  se da Terra, o cometa seguiu em sua órbita elíptica. Segundo cálculos da Nasa, ele está hoje a 4,7 biliões de kms do Sol. Isso é quase 31 vezes a distância entre a Terra e a nossa estrela mãe. E continua a afastar se . Estima-se que o Halley irá atingir o ponto mais distante do Sol – o chamado afélio – no final de 2023. Nesse ano, o cometa estará a 5,3 biliões de kms do Sol, e, então, irá iniciar o seu caminho de volta. Somente em 2061 é que deve acontecer a próxima “visita” do Halley – o ano em que ele atinge o periélio novamente. Ainda é cedo para pormenorizar em que data de 2061 ele estará mais perto da Terra. Mas a Nasa estima que será no mês de Junho.

A velocidade do Halley não é constante. Segundo a Nasa, em 1910, ele passou aqui pela “vizinhança” a 70,6 km/s. Já em 1998, a sua velocidade era de 63,3 km/s. A órbita do Halley é retrógrada: ele gira no sentido contrário ao dos planetas. Ela também é inclinada “para baixo”, formando um ângulo de 18º com a órbita do Sol.

Em 19986 , cercado de expectativas, o Halley ofereceu um espectáculo bem menor. Além da poluição luminosa, que prejudicou a sua observação, a interacção dele com a radiação solar deixou-o menos brilhante e visível que o esperado.

halley

 

Comet-Hale-Bopp-29-03-1997_hires_adj

Comet Hale-Bopp