1945 – Fundação do Jornal a “ A Bola “

29 de Janeiro 1945

O jornal desportivo A Bola foi fundado a 29 de janeiro de 1945, em Lisboa, por Cândido de Oliveira, Ribeiro dos Reis e Vicente de Melo, aproveitando um título cedido pelo Diário de Lisboa. A ideia nasceu à mesa de um café de Lisboa, numa altura em que a Segunda Guerra Mundial estava perto do fim e renascia o interesse pelo desporto. O primeiro número, sob a direção de Álvaro Andrade, foi elaborado por um grupo de amigos do jornalismo desportivo e teve uma grande aceitação por parte do público, tendo esgotado a sua edição. O seu preço era de um escudo, mais caro que os 15 tostões que custava a revista Stadium, a líder de mercado. De início, o jornal era editado às segundas e sextas-feiras, mas depois optou-se por trocar a sexta pela quinta-feira. Cerca de um ano após o lançamento, A Bola teve a edição suspensa durante pouco menos de um mês, entre 25 de março e 19 de abril de 1946, porque a Comissão de Censura não gostou da maneira como foi tratada uma seleção inglesa de futebol. Em julho de 1950, A Bola passou a ser um jornal trissemanário dado o interesse manifestado pelos leitores, especialmente a partir do momento em que a equipa de futebol do Benfica venceu a Taça Latina. O sábado foi o terceiro dia escolhido para a publicação do jornal. Esta fórmula manteve-se durante quase 39 anos até que, em março de 1989, se passou a publicar também ao domingo. Esta quarta edição semanal surgiu pela necessidade de dar mais destaque às modalidades de alta competição, uma vez que, por essa altura, houve várias conquistas internacionais de corredores portugueses a nível de atletismo. Entretanto, nesta altura, o jornal já era impresso em offset, tendo posto de parte o chumbo por imposição da administração do Diário Popular, quotidiano de Lisboa onde era composto e impresso. O ano de 1992 ficou marcado pela introdução da cor na primeira e última páginas. Mas a maior transformação deu-se em fevereiro de 1995, quando A Bola passou a ser um jornal diário, ao mesmo tempo que trocava o grande formato pelo tabloide, de modo a poder ser lido com mais comodidade. Em janeiro de 2000, as edições diárias de A Bola passaram a estar também disponíveis na Internet.
O jornal A Bola é vendido em todo o território nacional e conhece também grande expansão junto dos núcleos de emigrantes.

caderneta-a-00

1945-02-02-P01