1809 – Nascia o escritor Edgar Allan Poe

19 de Janeiro 1809

Edgar Allan Poe (1809-1849) foi um poeta, escritor, romancista, crítico literário e editor norte-americano. Autor do famoso poema “O Corvo”. Escreveu contos sobre mistério, inaugurando um novo gênero e estilo na literatura.

Edgar Allan Poe (1809-1849) nasceu em Boston, nos Estados Unidos, no dia 19 de janeiro de 1809. Filho dos actores de teatro, David Poe e Elizabeth Arnold, ficou órfão de mãe e seu pai abandonou a família. Foi acolhido, mas nunca foi formalmente adoptado, por uma família de ricos comerciantes de Baltimore, na Virgínia, que lhe proporcionaram uma educação de qualidade, dos melhores professores da época.

Em 1829 entrou para a carreira militar, na Academia de West Point, mas acabou expulso por indisciplina. Perdeu a mesada do seu tutor e passou a escrever para sobreviver, tornou-se editor de uma revista de Richmond. Vai morar com a sua tia, viúva, e a sua filha Virgínia Clemm. Em 1836 casa-se, em segredo, com a prima, Virgínia, de apenas 13 anos de idade. Pouco tempo depois perdeu o emprego e passou por dificuldades financeiras, superadas ao vencer os concursos de conto e poesia, promovidos pela revista “Southern Literary Messager”.

Nessa época a sua esposa adoece. Passou a produzir como free-lancer, sem grandes resultados, afunda-se na bebida, e a morte da mulher agrava o problema.

Edgard Allan Poe deixou poemas, contos, romance, temas policiais e de horror. Muitas das suas obras exploram a temática do sofrimento causado pela morte. O poeta acreditava que nada seria mais romântico que um poema sobre a morte de uma mulher bonita. É considerado o criador do conto policial, os seus poemas mergulham na tristeza e as narrativas em temas de horror. As suas obras foram um marco para a literatura norte-americana contemporânea, com destaque para “Contos do Grotesco e Arabesco”, publicado na França com o título de “Histórias Extraordinárias” (1837), contos que influenciaram diversas gerações de escritores de livros de suspense e terror, e os poemas, “O Corvo” (1845) e “Annabel Lee” (1849).

Entre suas obras destaca-se também: “A Queda da Casa dos Usher” (1839), “Os Crimes da Rua Morgue” (1841), “O Coração Delator” (1843), “O Gato Preto” (1843), “O Barril de Arnontillado” (1846) e “A Máscara da Morte Escarlate”.

Edgar Allan Poe falece numa taberna, em Baltimore, em recorrência de doenças provocadas pelo álcool, no dia 07 de Outubro de 1849.

Edgar-Alan-Poe-Kopie

foto-de-edgar-allan-poe-2