Naíde Gomes está de Parabéns !

20 de Novembro 1979

Nascida em São Tomé, Naíde Gomes veio para Portugal com 11 anos idade e, começou a praticar Atletismo depois ter saltado 1,50m em altura, num torneio escolar onde ganhou até aos rapazes, o que impressionou o seu professor que a aconselhou logo a dedicar-se ao desporto.

Representou sucessivamente clubes como Clamo, Ginásio Sul, Belenenses e JOMA, até ingressar no Sporting Club de Portugal no final do ano de 1997, quando estava à beira de completar 18 anos de idade e já era uma atleta muito prometedora.

Inicialmente a sua principal especialidade era o Salto em Altura, mas sempre se revelou como uma atleta completa, obtendo também excelentes resultados no Salto em Comprimento e desenrascando-se bem nas barreiras, o que naturalmente a levou a apostar também nas provas combinadas, nomeadamente no Pentatlo e no Heptatlo.

Só em 2001 viu concluindo o longo processo de obtenção da nacionalidade portuguesa, pelo que durante alguns anos foi ganhando provas e fazendo marcas que seriam recordes de Portugal, sem poder ostentar os títulos ou ver os seus resultados no topo dos rankings nacionais, embora em 1997 quando ainda era atleta do JOMA, tenha sido declarada Campeã de Portugal no Salto em Altura ao abrigo de uma regra da FPA, que equipara a portugueses os atletas estrangeiros que residam em Portugal e não tenham ainda 18 anos.

Esteve presente nos Jogos Olímpicos de 2000 em representação de São Tomé e Príncipe, participando na prova de 100m barreiras, depois de ter falhado por apenas 21 pontos os mínimos para o Heptatlo. Apesar de ter ficado no último lugar da sua serie, esta foi uma experiência enriquecedora para Enezenaide Gomes, o nome pelo qual era conhecida na altura.

Ainda em representação de São Tomé e Príncipe, esteve presente nos Jogos Pan Africanos que se disputaram em Joanesburgo na África do Sul, em 1999 e nos Campeonatos da África Central realizados nos Camarões, onde ganhou 5 medalhas.

600 (1)

 

Finalmente portuguesa, em 2001 Naíde Gomes ganhou o Heptatlo Nacional, o seu segundo titulo de uma lista onde constam mais 11 Campeonatos de Portugal (8 no Salto em Comprimento, 1 no Salto em Altura e 2 nos 100m barreiras), isto para além de ter sido 10 vezes Campeã de Portugal em pista coberta (9 no Salto em Comprimento e 1 no Salto em Altura), somando assim 23 títulos nacionais.

No entanto seria no Salto em Comprimento que se viria a especializar, depois de uma lesão num joelho a ter obrigado a deixar as provas combinadas, livrando-se assim da corrida dos 800m de que não gostava e, optando por uma especialidade onde já possuía excelentes marcas e na qual ainda tinha muita margem de progressão.

Assim entre 2002 e 2008 bateu por 14 vezes o Recorde Nacional do Salto em Comprimento, levando-o dos 6,56m até aos 7,12m.
600

1024

18306771265_3a91848d99