Roman Abramovich está de Parabéns !

24 de Outubro 1966

Abramovich começou a sofrer cedo na vida. Nascido a 24 de outubro de 1966, em Saratov, no sul da Rússia, o menino de origem judia perdeu a mãe aos 2 anos e meio e o pai pouco depois, num acidente de obra em maio de 1969. O pequeno Roman ficou aos cuidados dos tios. Primeiro com Leib (um dos Tios ) em Ukhta, 1.350 quilômetros a nordeste de Moscovo, aprendeu noções básicas de economia. Com  o Tio Abraão em Moscovo, desfrutou de uma educação exemplar. Como gratidão, depois de ficar rico, equipou a escola onde estudou com as melhores e mais modernas instalações.
Com 18 anos, abandonou os estudos no Instituto Industrial de Ukhta para servir no exército por dois anos, como qualquer russo.
Aos 20 anos, Abramovich casou em dezembro de 1987 com Olga, uma loura estudante de geologia três anos mais velha do que ele. Nesta mesma época, quando o então líder soviético Mikhail Gorbachev iniciava a chamada perestroika e acabou a proibição da  iniciativa privada, Abramovich foi um dos primeiros a montar um negócio próprio, abrindo uma fábrica de bonecas. A receita informal com a revenda em Ukhta de artigos de luxo comprados em Moscovo complementava a renda que na época chegava a 4 mil rublos, 20 vezes mais do que o salário de um trabalhador estatal.

O ano de 1991 foi fundamental na vida da União Soviética e também para Abramovich. O império acabou. E além de casar pela segunda vez, com Irina, uma hospedeira da companhia estatal Aeroflot com quem tem cinco filhos, ele entrou na “família” que passou a circular na esfera de poder do presidente Boris Yelstin. Biógrafos contam que Abramovich também ficou muito amigo, talvez íntimo demais, da filha de Yeltsin,Tatyana.
Num encontro num iate em 1995, nascia a parceria mais bem-sucedida na curta e cruel história do capitalismo russo. Abramovich foi apresentado a Boris Berezovsky. O aliado de Yeltsin, 20 anos mais velho e experiente, ficou impressionado com o talento de comunicação do jovem russo, que confirmava mais uma vez a fama de estar sempre com as pessoas certas, no lugar certo e na hora certa. Esta habilidade de identificar novas oportunidades fez de Abramovich um dos primeiros a conseguir licença para explorar petróleo num tempo em que isso era como que uma licença para imprimir dinheiro.
A dupla Abramovich-Berezovsky assumiu o controle da gigante de petróleo Sibneft, pagando US$225 milhões no esquema “ações por empréstimos” iniciado pelo governo que precisava de realizar dinheiro quando o valor de mercado era US$2,8 biliões. Em 2003, a empresa estava avaliada em US$15 biliões. Abramovich também investiu em alumínio e comunicações antes de se desfazer da maioria dos seus negócios na Rússia e mudar se para a Inglaterra. A partir daqui e começando com a aquisição do clube londrino, Chelsea, por biliões, a forma quase descontraida como este homem gasta o dinheiro é de todos conhecida.

age-47-roman-abramovich

abramovicher

roman-abramovich-eclipse-yacht-1

jose-mourinho-roman-abramovich

putin-abramovich

roman-abramovich-828-fifth-avenue-triplex

Sofia-Abramovich