“Ai Destino “ – Tony Carreira

3 de Outubro 1995

600

ima_site7

Ai destino, ai destino
Ai destino que é o meu
Ai destino ai destino
Destino que Deus me deu

O amor bateu à porta, e eu deixei-o entrar
Parecia tão diferente,
confiei e fui em frente,
e com ela quis casar
Infortúnio do destino,
esse meu passo infeliz
Fui amante atraiçoado,
fui marido mal-amado,
sem saber que mal eu fiz
(REFRAO)
Ai destino, ai destino
Ai destino que é o meu
Ai destino, ai destino
Destino que Deus me deu
Ai destino, ai destino
Ai destino tão cruel
Ai destino, ai destino
Ai destino infiel
Destruiu a minha vida
e a vontade de viver
Levou-me o que eu mais queria,
meus filhos desde esse dia nunca mais voltei a ver
Fiquei eu e a solidão,
e o desgosto mais chorado
Mas nada posso fazer,
não tenho culpa de ter o destino mal traçado
(REFRÃO)
O amor tem destas coisas,
no principio tudo bem
Quando se vê a verdade,
P’ra voltar a trás é tarde
Para recomeçar também
(REFRÃO)