Noruega rejeita em referendo adesão á União Europeia

25 de Setembro 1972

Cabendo a cada Estado-Membro, no âmbito do exercício da sua soberania, determinar os procedimentos que segue relativamente aos actos essenciais da sua relação com a União Europeia, não é de admirar que a utilização do Referendo não seja mais comum.

Muitos países ou não têm tradição referendária, ou tendo-a não podem utilizá-la nestas matérias (caso de Portugal até à última Revisão Constitucional).

Em 1972 e 1994, a Noruega assinou também tratados de adesão à União Europeia. No entanto, nas duas ocasiões, através de referendos, a população norueguesa rejeitou a adesão do seu país.

Segundo sondagens recentes, três em cada quatro noruegueses são contra a adesão do país à União Europeia, o que afasta a questão do actual debate político. A sua quase total independência económica ,muito proveniente das suas reservas de petróleo, será uma das principais razões para esta decisão.

7419

2000px-Norway_in_Europe_(+Svalbard).svg