“Ulisses“ – James Joyce

31 de Agosto 1922

Escrito por James Joyce entre os anos de 1914 e 1921, Ulisses (Ulysses) foi composto em diversas cidades: Paris (França), Zurique (Suíça) e Trieste (Itália). Publicado em 1922 em Paris, chegou a ser proibido em alguns países por ter, em suas páginas, alguns aspectos impublicáveis da fisiologia humana. A obra de Joyce é uma paródia de A Odisséia, de Homero. O personagem principal de A Odisseia, Odisseu, é representado por Leopold Bloom, um agente de publicidade de Dublin que condensa a viagem de Odisseu em apenas um dia.

Na obra de Joyce, todas as acções do personagem principal ocorrem no dia 16 de junho de 1904. A recriação do épico de Homero pode ser exemplificada pelos três principais personagens do romance. Leopold Bloom representa Ulisses, Molly Bloom, mulher de Leopold, representa Penélope e Stephen Dedalus representa Telêmaco.

O romance apresenta dezoito episódios, seis a menos dos que  compõe A Odisseia. Joyce opta por suprimir alguns capítulos da obra grega, antecipa alguns e posterga outros. Desta forma, dá ênfase aos processos psíquicos dos personagens, que é o ponto que mais lhe interessa.

Apesar de baseado em heróis gregos, os personagens de Joyce apresentam características psicológicas bastante diferentes dos descritos por Homero. Stephen Dedalus é um erudito, Molly Bloom representa uma mulher adúltera e Leopold Bloom é um homem típico de classe média de Dublin: desajeitado, engraçado, reflexivo e coloquial.

Na obra de Homero, encontramos as aventuras de um herói, Odisseu. Há também sua esposa Penélope, que se manteve fiel ao marido, aguardando-o mesmo com o assédio de vários pretendentes. Completando, há Telêmaco, em constante busca pelo pai Odisseu.

O romance é considerado uma paródia moderna, na qual há o predomínio da auto-reflexividade. Neste tipo de literatura, há uma reactivação do passado (no caso, a obra de Homero), dando-lhe um novo contexto e ressaltando a diferença de duas épocas.

A1x-HM8dBpL._SL1500_

DSC03435

31-JamesJoyce-Getty