Air India voo 182 – Explode no ar

23 de Junho 1985

voo 181/182 da Air India foi destruído quando efectuava a viagem sobre o Oceano Atlântico  em 23 de Junho de 1985 ao ocorrer uma explosão no compartimento de carga que causou uma rápida descompressão matando 329 pessoas. O avião em causa era um Boing 747 que transportava 307 passageiros e 22 tripulantes, operado pela Air India.

Um dos passageiros usando nome e documento falsos, mandou sua bagagem para o check-in mas não embarcou. No check-in não foi detectada uma bomba, a qual explodiu em pleno voo, sobre o oceano Atlântico.

Passageiros e tripulantes foram brutalmente lançados para fora e morreram no ar, excepto duas pessoas que morreram por afogamento.

O voo 182 da Air India partira de Montreal e dirigia-se para Nova Deli, com a primeira escala em Londres. O Boeing 747 desapareceu dos radares e os pilotos nem tiveram tempo para emitir um pedido de socorro. Os destroços foram encontrados pouco depois, ao largo da Irlanda, e depressa se tornou evidente que a segurança tinha sido comprometida, com confusões de malas e trocas de nomes.

Uma hora depois da catástrofe, uma mala explodiu no aeroporto de Narita, no Japão, matando dois empregados. Isso levou à identificação de um grupo de suspeitos, todos sikh. Das 329 vítimas do Air India, foram recuperados 131 corpos e as autópsias revelaram que o avião se partira e que algumas pessoas tinham morrido da explosão, enquanto outras de asfixia ou do impacto no mar.

No embarque em Montreal, a polícia retirara três malas suspeitas, mas deixara passar bombas dentro de radio gravadores. Uma testemunha crucial seria assassinada em 1995, mostrando mais falta de coordenação.

VT-EFO

_40927911_747_bomb2_inf416

AirIndiaFlight182bombblastBoydom.com_

DIGITAL CAMERA IMAGE New York - Workers help guide a piece of wreckage from TWA Flight 800 onto a flatbed truck at Shinnecock Coast Guard Station in Hampton Bays, N.Y., Monday, July 29, 1996. The Boeing 747 crashed into the Atlantic Ocean on July 17 on a flight from New York to Paris. (AP Photo/Mark Lennihan)

transferir