Tommy – A 1ª Ópera rock da banda the “Who”

23 de Maio 1969

45 anos se passaram desde que chegava às lojas uma das obras mais importantes do Rock & Roll. Há exatamente quatro décadas e meia, o público conhecia o que ficou imortalizado como de facto a primeira Opera Rock, gênero de obra que apresentava uma narrativa e construía pontes de história bem como de personagens através das canções baseadas no Rock. Sim, estou falando de Tommy, uma das obras-primas do quarteto inglês The Who e principal “culpada” por popularizar ainda mais a banda no fim dos anos 60 e começo dos 70.

Esse tipo de álbum começou ser embrionado pelo menos três anos antes do lançamento de Tommy por vários artistas e pelo próprio Pete Townshend (guitarrista e principal compositor do The Who), mas de maneira informal e quase como uma brincadeira. O resultado dessa incursão de Pete nunca chegou a conhecimento do público.

Em 1969, nascia não só um dos grandes clássicos Rock, mas também da Cultura Pop – e ganhou forma em outras representações da arte, incluindo cinema (em um filme realmente grotesco lançado em 1975 , interpretado pelo próprio grupo e por uma série de convidados, como Elton John, Tina Turner e Eric Clapton) e algumas versões no teatro.

A história de Tommy  baseia se na sua própria personagem.  Filho de um capitão do exercito britânico, Tommy Walker nasce enquanto o seu pai desaparece em combate (talvez durante a Primeira Grande Guerra Mundial). Ao voltar, o Capitão Walker vê a sua mulher com um amante e mata o. Para tentar encobrir o crime, os seus pais obrigam no a não contar nada do que ouviu ou viu naquele dia. Traumatizada, a criança de apenas sete anos perde a audição, visão e a inteligência, porém aprende a sentir o mundo através de suas vibrações e também através música – metáfora explicada por Pete como a própria representação de Tommy aos ouvintes, que ganhava forma pela música.

Depois de uma infância difícil Tommy passa por uma série de tentativas de cura, incluindo o uso de prostitutas e de alucinogénos e mesmo os tratamentos mais convencionais (agora, com um médico de verdade). Ao mesmo tempo, o menino torna se o Pinball Wizard, um génio nos Flippers e acaba atraindo a atenção de muita gente por jogar tão bem mesmo estando nessa condição quase catatônica. Esta faixa é um dos maiores hits não só deste álbum, mas de todo o catálogo da banda.

Conforme a narrativa avança, Tommy, apesar de cego, descobre conseguir se ver através do espelho e acaba ficando obcecado pelo seu próprio reflexo. A sua mãe, irritada por ver o filho assim, parte o tal espelho e, sem querer, termina com o bloqueio de Tommy.

Ele estava curado. Tommy recupera sua habilidade de fala e audição e é declarado um milagre pela imprensa.

No fim da história ele volta ao seu estádio inicial de introspecção e continua a sua vida como  quando era criança.

271acde279bcd0a33c74bcc29530e866

maxresdefault (1)

maxresdefault

olireed

The Who's Tommy Pinball Wizard PINBALL PINBALL-LED_COM

TOMMY-SPTI-01.tif

TOMMY-SPTI-01.tif

tommy-the-who-100_wm1

url

Who_-_1975