Manifestações estudantis em Paris

2 de Maio 1968

Tudo começou numa série de conflitos entre estudantes e autoridades da Universidade de Paris, em Nanterre, cidade próxima à capital francesa. No dia 2 de maio de 1968, a administração decidiu fechar a escola e ameaçou expulsar vários estudantes acusados de liderar o movimento contra a instituição. As medidas provocaram a reacção imediata dos alunos de uma das mais renomeadas universidades do mundo, a Sorbonne,em Paris.

Eles reuniram se no dia seguinte para protestar, saindo para a rua sob o comando do líder estudantil Daniel Cohn-Bendit. A polícia reprimiu os estudantes com violência e durante vários dias as ruas de Paris viraram cenário de batalhas campais. A reacção brutal do governo só ampliou a importância das manifestações: o Partido Comunista Francês anunciou o seu apoio aos universitários e uma influente federação de sindicatos convocou uma greve geral para o dia 13 de maio.

1968

Exèrcit_al_Zócalo-28_d'agost

rey_jean-pierre_1143_2005

gilles-caron_irlande-nord_web