1912 – Titanic –Diário de bordo – 3º dia

12 de Abril 1912

Já em mar alto o tempo estava maravilhoso, apesar que frio. Enquanto muitos dos passageiros tratavam apressadamente de se acomodarem nas suas cabines ,colocando os melhores

vestidos e chapéus nos lugares mais próprios, outros tratavam de Ir descobrindo o navio.

Um belo passeio no deck principal

Um belo passeio no deck principal

Uma boa diversão

Uma boa diversão

O Titanic dispunha de um serviço de refeições a qualquer hora que empolgava o paladar dos mais cépticos e fazia crescer agua na boca aos mais gulosos. Como o tempo estava bom, navegar em tal “fortaleza” para além de belo é relaxante, não havendo qualquer turbulência.

Navegava a 21 nós o que significa perto dos 38 Km/h. Recordo que a velocidade máxima do Titanic era de 24 nós !!?? Ou seja navegava se quase nos limites. A temperatura apesar de ter descido

não era alarmante cerca de 10ª c.

A ementa

A ementa

Sala de Jantar

Sala de Jantar

No meio desta calmaria surge um primeiro aviso de formação de gelo  no mar ás 11 a.m. vindo de Inglaterra. Ás 8 p.m. mais um aviso , este vindo de França.

Pelas 11 p.m. o sistema de comunicações tem uma avaria e deixa de trabalhar. A avaria é reparada mas não em conformidade com as regras da Marconi.